INSTITUTO DAS IRMÃS NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - RUA DR PEREIRA BARRETO, 233, ABERNÉSSIA, CAMPOS DO JORDÃO/SP - CEP 12460-000

TESOURO DOS TESOUROS ENCONTRAR UMA RAZÃO PARA VIVER

Por causa de um certo reino, estradas eu caminhei

Buscando, sem ter sossego, o reino que eu vislumbrei

Brilhava a Estrela Dalva e eu quase sem dormir, 

buscando este certo reino e a lembrança dele a me perseguir!

Essa canção do Padre Zezinho, nos fala de uma jornada incansável em busca de algo maior e melhor, fala da travessia, de erros e acertos. De uma força misteriosa que nos atrai, que nos lança a caminho confiando num jeito novo de viver, sonhando e provando  vida em abundancia. Revela que essa nossa sede vem de encontro com o que Jesus ensinou e viveu. Também sabemos pela  a  Sagrada  Escritura  que  o  próprio 

Cristo é fonte de água viva que nos restaura plenamente, e sabemos pela vida, que o segredo é acreditar no amor e ter coragem de deixar o Senhor selar nossa vocação.

O personagem Artaban do filme o Quarto Sábio, ao deixar tudo em troca de procurar por um Rei que acredita existir, ao partir não hesitou: “não tenho nada a perde e tudo a ganhar”. A verdade é que por onde passou deixou marcas de sua generosidade, beneficiou a muitos com sua presença amorosa, inspirado no anseio de conhecer o Messias.

Apesar de nunca ter visto pessoalmente a Jesus, Artaban fez de sua vida um instrumento de doação em vista do bem comum, dos pobres e excluídos. Exerceu com muita competência seu ofício de médico, não apenas ajudou a salvar vidas, também contribuiu para a aldeia resgatar a autoconfiança, ter melhores condições de vida e cultivar a esperança.

Seu desejo profundo de estar com Cristo só se concretizou na eternidade, entretanto, em sua peregrinação Artaban serviu a muitos; como o Senhor Jesus amou, perdou, sempre e em tudo fez o bem. Sobretudo, o bem maior: com seu testemunho cativar outros ao serviço e edificação do Reino de Deus. Coroamos essa nossa reflexão com a frase de outro grande seguidor de Cristo, um profeta do nosso tempo, Dom Hélder Câmara:

Feliz de quem atravessa a vida inteira tendo mil razões para viver.